domingo, 18 de dezembro de 2016

Planeta Geek | O que esperar de "Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar"?


Olá, meus caros leitores! Estamos de volta para mais um Planeta Geek!

Hoje o assunto é uma das franquias de maior sucesso na história do cinema: Piratas do Caribe. Com quatro filmes lançados até o momento, e quase 4 bilhões arrecadados em bilheteria, a saga baseada em uma das atrações mais populares dos parques da Disney já conquistou muitos fãs nesses muitos anos de sucesso desde a estréia de "A Maldição do Pérola Negra".

Primeiramente é legal destacar que dou minha opinião pessoal sobre a franquia em si aqui no texto, porém, deixo esse paragrafo para falar um pouco do sentimento "geral" do público sobre os filmes, visando embasar mais ainda o argumento de que é uma das sagas de mais sucesso recente nos cinemas. Os filmes da franquia veem em uma decrescente, tanto a nível de crítica, que mesmo não sendo considerados ruins tiveram avaliações caindo de boas (em A Maldição do Pérola Negra), para regulares (em Navegando em Águas Misteriosas), assim como a avaliação do próprio público (o primeiro filme tem média 8 entre os usuários do IMDb, e ela só cai em suas sequencias, chegando a 6,7 no último, o que não é ruim, mas mesmo assim mostra um certo padrão).

Mesmo gostando do segundo e do terceiro filmes tanto quanto do primeiro (talvez até mais) é evidente que a última aventura de Jack Sparrow nos cinemas deixou a desejar em diversos aspectos. Mesmo sendo ainda um bom filme fica o sentimento de que muito potencial foi desperdiçado, o que de fato aconteceu.

(Lançado em 2011, o último filme da franquia de uma "esfriada" em possíveis planos para o futuro)

Porém, qual o real problema de "Navegando em Águas Misteriosas"? Será a falta do elenco da trilogia inicial em peso? Tirando Johnny Depp, Geoffrey Rush e mais alguns coadjuvantes. Pode até ser que sim, mas a história de Elizabeth Swann (Keira Knightley) e Will Turner (Orlando Bloom), por exemplo, parecia ter chegado mesmo a um final após o terceiro filme.

Mas vamos a pergunta que rege esse texto: O que podemos esperar de "A Vingança de Salazar"? 

O retorno de Will Turner há muito tempo já tinha sido confirmado e oficializado pela Disney, e pelo que parece o personagem terá alguma importância na história, e nos últimos dias também foi confirmado o retorno de Keira Knightley como Elizabeth Swann, o que é mais impressionante é que foi dito que a personagem apareceria em uma possível cena pós créditos, que já deixaria uma ponta para um SEXTO filme da franquia. A Disney está ou não confiante com o sucesso do filme?

(Capitão Salazar é a aposta da Disney, em busca de um vilão com presença, depois de um Barba Negra um tanto quanto fraco)

O que anima com tudo isso, mesmo você leitor podendo pensar que não significa nada, é justamente o retorno de personagens tão importantes nos primeiros filmes, a volta do foco das histórias apenas em Jack como um Pirata realmente, sendo capitão de seu barco, e não em uma ilha tendo aventuras "x" é por si só uma característica para se deixar um pouco mais esperançoso, e a introdução de mais um "pirata mal" já da indícios desse foco talvez maior em aventuras no mar (até o retorno de Orlando Bloom pode indicar isso, tendo em vista que seu personagem assumiu o posto que era de Davy Jones, e agora só pode pisar em terra uma vez a cada 10 anos).

E então, o que esperar do novo Piratas do Caribe? Sinceramente, é um dos filmes para qual estou mais ansioso neste novo ano, o potencial é gigante, se acertarem o tom e retornarem com aquela pegada dos primeiros filmes pode facilmente ser um dos melhores do ano, e o retorno dos personagens antigos já está ai para dar os indícios iniciais de que esse é realmente o objetivo!

(Na estreia do próximo filme 10 anos já vão ter se passado desde a última vez que Will e Elizabeth apareceram nos cinemas)

Vale a menção e toda a torcida aos novos nomes do elenco, que debutam na franquia, como Javier Bardem (007 - Operação Skyfall) que dá vida ao temido Capitão Salazar, Kaya Scodelario (Maze Runner) como Carina Smyth e Brenton Thwaites (Deuses do Egito) como Henry, esses dois últimos sendo as apostas da Disney visando "rejuvelhecer" o elenco.

Vale também deixar a indignação com o título nacional, fazendo o original em inglês "Dead Men Tell No Tales" (algo como "os mortos não contam histórias") virar apenas "A Vingança de Salazar", um tanto quanto simplista, que ignora toda e completamente qualquer possível paralelo intrínseco do sub-título com a história do filme.

O filme já ganhou o seu primeiro trailer recentemente, o vídeo curto não mostra muito ainda, mas já dá uma ideia do clima principal, com uma cena bem sombria, e claro, uma piadinha tipica no final!

Confira abaixo:


Agora, claro, quero saber o que vocês acham. Quais as expectativas pro filme? Acham que finalmente conseguem voltar para a qualidade dos primeiros? Ou será mais um "degrau descido" na escala de qualidade? Deixem nos comentários!

O Planeta Geek fica por aqui, voltamos no próximo domingo, um abraço e até lá!

Obs: Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar chega aos cinemas dia 13 de julho de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Tropa Geek

Um projeto idealizado por três amigos, que buscavam um meio de trabalhar juntos e ao mesmo tempo se divertir com isso. Somos um site sobre cultura pop, com enfase no cinema, e além das notícias diárias sobre diversos assuntos, ainda temos textos de opinião/entretenimento saindo quase que diariamente também, fora o Geekcast, nosso podcast quinzenal, onde dessecamos diversos assuntos do mundo geek e afins. Curta nossa página, siga no twitter e fiquem ligados no site para não perder nada!


Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *